Milhões de pessoas não conseguirão se aposentar, se reforma for aprovada. Mas, aposentadoria milionária de Temer não será mexida

Se a Câmara dos Deputados aprovar a nova proposta de reforma da Previdência, as trabalhadoras e os trabalhadores do campo e da cidade vão trabalhar mais e ganhar menos. Se quiserem receber o valor integral do benefício, terão de contribuir para o INSS durante 40 anos.

Temer ignora realidade da mulher na reforma da Previdência

As mulheres são as que mais sofrem com as políticas de desmonte do Estado promovidas pelo ilegítimo e golpista de Michel Temer (PMDB-SP), em especial as negras, as rurais e as professoras. Como um rolo compressor, o governo já devastou direitos sociais e trabalhistas e agora ameaça acabar com a aposentadoria.

Trabalhador com carteira assinada teme mudança com a reforma, revela pesquisa

Pesquisa do Instituto Locomotiva mostra que 87% dos entrevistados que tinham algum conhecimento da reforma e estavam empregados com carteira assinada no setor privado temem os efeitos das mudanças no marco legal do trabalho: 42% estão "muito preocupados" e 45%, um pouco.

Reforma trabalhista é questionada por entidades no Supremo

O Supremo Tribunal Federal recebeu nesta segunda-feira (11/12) mais uma ação contra a reforma trabalhista — a 10ª, pelo menos, desde a publicação da Lei 13.467/2017. O novo processo, apresentado pela confederação que representa trabalhadores da área de comunicações e publicidade (Contcop), filiada à União Geral dos Trabalhadores (UGT), questiona o fim da contribuição sindical obrigatória. 

Especialista: governo perde ao menos R$ 50 milhões em venda de ações da Sanepar

Especialista: governo perde ao menos R$ 50 milhões em venda de ações da Sanepar O governo Beto Richa (PSDB) desperdiçou R$ 50 milhões dos R$ 500 milhões que pretendia arrecadar ainda neste mês com a negociação de ações da Sanepar na Bolsa de Valores. A avaliação é de um especialista em mercado de capitais que acompanha de perto as movimentações da companhia. Segundo ele, o anúncio de que as chamadas Units serão negociadas por preço mínimo de R$ 50 derrubou o valor dos papéis em 10% em apenas uma semana: de R$ 60,36 para R$ 54,32. 

Temer ataca servidores e coloca em risco serviço público no País

Os servidores públicos entraram na mira do governo ilegítimo e golpista de Michel Temer (PMDB-SP) na nova proposta de Reforma da Previdência, encaminhada para a Câmara dos Deputados. A votação estava marcada para o dia 6, mas foi retirada da pauta porque o governo não tem os 308 votos necessários para a aprovação das mudanças.

Centrais do Mercosul denunciam reforma trabalhista brasileira


A reforma trabalhista foi objeto de denúncia por parte das centrais sindicais dos países do Mercosul que fazem parte da Coordenadoria das Centrais Sindicais do Cone Sul (CCSCS).

ACT 2018/2019: Provisionamento do Índice da Inflação

Prezados trabalhadores da SANEPAR, associados e representados pela Entidade Sindical SAEMAC.

Em observância ao contido no Edital de Convocação para a Assembleia Geral Extraordinária de Elaboração da Pauta de Reivindicações com vista ao Acordo Coletivo de Trabalho para o período compreendido entre 1º, de março de 2018 a 28 de fevereiro de 2019, estamos dando continuidade à realização das Sessões da referida Assembleia.

Reforma Trabalhista: agora é pra valer!


Parece mentira, mas a Reforma Trabalhista idealizada pelo governo golpista de Michel Temer agora é realidade e, diga-se de passagem, uma triste realidade. Criada baseada em mentiras para iludir o povo brasileiro e em princípios que ferem a constituição do país, ela vem à tona com objetivos claros de fortalecer a classe patronal que, a partir de agora, poderá “explorar” com mais afinco a mão de obra do trabalhador, já que as negociações de férias, jornada de trabalho e intervalo intra-jornada, entre outros, poderão ser negociados de forma individual, não havendo mais a necessidade de se fazer em âmbito coletivo. Lembrando que isso tudo não se aplica a todos os trabalhadores.

Temer quer aprovar novas e perversas regras na aposentadoria

A nova proposta de desmonte da Previdência Social anunciada pelo governo do ilegítimo Michel Temer (PMDB-SP) é tão ou mais perversa do que as anteriores. As trabalhadoras e os trabalhadores do setor público e do privado serão prejudicados em todas as situações impostas pelas novas regras que devem ser votadas no próximo dia 6 de dezembro na Câmara dos Deputados.

Com regra de trabalho intermitente, empregado corre risco de ter de pagar para trabalhar

BRASÍLIA – A Receita Federal divulgou nesta segunda-feira, 27, as regras para o recolhimento da contribuição previdenciária dos trabalhadores intermitentes cujo rendimento mensal ficar abaixo do salário mínimo. Esta é uma situação inédita no País que pode ocorrer com aplicação das normas previstas na reforma trabalhista. O próprio empregado poderá pagar a diferença entre a contribuição incidente sobre o contracheque e o mínimo exigido pela Previdência Social. A regra fará com que, no limite, alguns trabalhadores precisem pagar para trabalhar, caso optem pela contribuição previdenciária.

SAEMAC protocola ofício com lista de interessados na transferência de unidade

Após pesquisa realizada por meio do nosso site para saber quais trabalhadores teriam interesse na transferência da unidade de trabalho, o SAEMAC protocolou, no dia 16 de novembro do corrente ano, um ofício junto à USRH - Unidade de Serviços de Recursos Humanos, contendo a relação dos empregados, representados por esta Entidade Sindical, que manifestaram interesse em serem transferidos de sua atual unidade para outra de sua preferência.

SAEMAC participa de audiência sobre o Código de Conduta e Integridade


Semanas atrás a SANEPAR elaborou e implantou um Documento denominado “CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE”, determinando aos gerentes e coordenadores que esse documento fosse entregue aos trabalhadores mediante, assinatura de termo de recebimento.