-->

RICARDO NUNES CHAMA ENEL DE MENTIROSA E PEDE QUE EMPRESA SAIA DE SP



Em conversa com jornalistas, na manhã da última quarta-feira (10), o prefeito de São Paulo Ricardo Nunes (MDB) fez críticas à Enel, distribuidora de energia na capital paulista. Nunes chegou a afirmar que a empresa mente e que deveria deixar a cidade.

“Vamos fazer representação na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), porque essa empresa tem que sair daqui. Nós estamos no local agora sem energia. Estamos nesse sofrimento com uma empresa que fala que tem plano de contingência, mas que não cumpre”, disse.

Por falta de energia, a cerimônia de posse dos 260 novos Conselheiros Tutelares do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), não pôde acontecer no teatro de uma universidade em Indianópolis, na zona sul de São Paulo, e não contou com participação do prefeito, que já estava no local aguardando o evento.

Três geradores de energia não foram suficientes para manter ligados as luzes e o ar-condicionado do teatro. Os conselheiros presentes informaram à CNN que irão retirar o certificado nesta quinta-feira (11), durante a formação.

A cidade de São Paulo convive com quedas de energia depois de dois dias seguidos de tempestades. Novos temporais são previstos diariamente até o final de semana.

Nunes também disse que estava na Vila Nova Conceição durante a chuva na tarde de terça (9) e que o local estava sem luz após uma queda de árvore. Ele disse que conversou com o presidente da Enel, que teria explicado que tinham várias equipes no local, o que era mentira, segundo o prefeito, que só avistou uma.

Ricardo Nunes afirmou, ainda, que foi protocolado nesta quarta-feira um pedido na Justiça para que a empresa disponibilize detalhes sobre as equipes disponíveis para cada ocorrência na cidade.

“O presidente mundial da Enel me pediu uma reunião, mas estou resistindo a fazer, porque não tem mais o que conversar com essa turma, são irresponsáveis. Minha relação com a Enel é essa: ficar brigando com esses irresponsáveis enquanto defendo os interesses da cidade”, enfatizou Nunes.

Em nota, a distribuidora afirmou que retomou o fornecimento para 60% dos clientes afetados pela falta de energia durante as chuvas de ontem (9), o que representa 0,6% dos clientes da Enel.

“Mais de 800 equipes seguem trabalhando ininterruptamente, inclusive durante a madrugada, para restabelecer integralmente o fornecimento para todos. Vale ressaltar que em muitos pontos as quedas de árvores destruíram trechos inteiros da rede e que o trabalho de reconstrução em cada uma dessas ocorrência é complexo e muitas vezes demorado, pois envolve a substituição de cabos e postes, entre outros equipamentos”, diz o comunicado da companhia.

A CNN entrou em contato com a Enel e aguarda um retorno da assessoria de imprensa da companhia sobre as falas do prefeito de São Paulo.

FONTE: CNN BRASIL

0 comments:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.