PPR: ENTIDADES SINDICAIS PEDEM ANULAÇÃO DE DOIS INDICADORES QUE ALTERAM PARA BAIXO O VALOR DO BENEFÍCIO

Motivo é que critérios são totalmente alheios e independem da responsabilidade do trabalhador. Diretoria da empresa tem mais uma chance de mostrar que se importa com os saneparianos

Na reunião com a Sanepar, realizada no final desta manhã (12), para debater o PPR dos trabalhadores, as entidades sindicais solicitaram a anulação de dois dos indicadores de desempenho que estabelecem o valor do benefício: o “Índice de Satisfação com os Serviços Prestados” e o de “Evasão de Receitas”. Na tabela de metas estabelecidas, esses dois indicadores ficaram zerados, o que, como mostram os dois quadros a seguir,  jogou para baixo o valor do PPR devido aos trabalhadores.  Dessa forma,  a Comissão Negocial da empresa apresentou o valor de R$ 12.636,95 a serem pagos para cada trabalhador. Caso os dois indicadores sejam retirados, esse valor fica maior.






“Deixamos claro na reunião que esses dois indicadores teriam que ser desconsiderados, pois independem do esforço dos trabalhadores. O índice de satisfação é totalmente subjetivo dependendo não tanto do trabalho realizado mas do humor do consumidor. Levando em conta o contexto de falta de água, aumento da tarifa e da pandemia, é claro que a população está  insatisfeita, porém, por fatores que fogem da responsabilidade do trabalhador . Mesma situação do índice de evasão de receitas que são decisões tomadas pelo governo que é  quem tem a caneta e  cuja situação é totalmente alheia ao trabalhador. Então não dá para jogar esses indicadores nas costas do sanepariano, sendo que ele não tem como influir nesses critérios”, enfatiza o presidente do SAEMAC, Rodrigo Picinin. 

DIRETORIA DA SANEPAR TEM CHANCE PARA SE REDIMIR
As entidades sindicais já protocolaram ofício junto a empresa, pedindo a retirada desses dois índices dos critérios e desempenho. Caso isso aconteça, o valor do PPR tende a subir. “Está nas mãos da diretoria da Sanepar a chance de se redimir e corrigir o erro cometido no ACT. A melhoria do PPR seria uma forma de recuperar a perda salarial proveniente  da falta de aumento real e mostrar que a diretoria se importa com o trabalhador que, mesmo com todos os riscos inerentes da pandemia, não deixou de executar sua função fazendo a companhia andar a pleno vapor. Esperamos que a diretoria tenha sensibilidade para mostrar um pouco de valorização pelo sanepariano”, conclui Picinin.

CONFIRA O OFÍCIO DAS ENTIDADES SINDICAIS PARA A EMPRESA:




0 comments:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.