SANEPAR PEDE MAIS PRAZO PARA RESPONDER CONTRAPROPOSTA DO PPR


A Sanepar pediu hoje  um prazo de duas semanas para responder à contraproposta do PPR feita pelo SAEMAC e demais Sindicatos de trabalhadores da empresa no último dia 23 de abril.  Particularmente, não entendemos o pedido por esse prazo estendido. Infelizmente, a Sanepar continua com o péssimo  comportamento, já denunciado neste espaço, de não demonstrar nenhuma agilidade quando se trata de responsabilidade com o trabalhador.  Em todo o caso, fica concedido o prazo,  mas o SAEMAC e o Coletivo Intersindical reforçam que esperam bom senso por parte da companhia e não enrolação. Assim que recebemos a primeira proposta da empresa, que só propunha retrocessos aos trabalhadores, procuramos ser ágeis em sentar, estudar e apresentar uma contraproposta cuja exigências eram que a empresa leve em conta o ano atípico de pandemia e escassez de chuva na avaliação dos critérios para o PPR 2020 e que firme um compromisso  estabelecendo um piso para os PPRs dos próximos anos, sem deixar nada em aberto como quer a Sanepar. Como se vê são propostas coerentes e plausíveis bastando apenas a boa vontade para aceita-las.  É o mínimo que se espera para estabelecermos uma negociação decente. 

Incrivelmente, a empresa ainda não entendeu que trabalhador valorizado, é trabalhador motivado. Em plena pandemia, a Sanepar continuou lucrando e funcionando perfeitamente. Isso tudo, graças ao esforço de cada trabalhador. Então é mais do que correto, que o trabalhador tenha parte no sucesso da empresa. É de estarrecer que a diretoria esteja querendo responder ao comprometimento do trabalhador não se comprometendo com o  PPR. Esperamos bom senso e mão na consciência, Sanepar. 

CONFIRA A RESPOSTA DA EMPRESA À CONTRAPROPOSTA SINDICAL:



0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.