SINDICATO ENTRA COM AÇÃO PARA QUE SANEPAR INDENIZE OS TRABALHADORES QUE TIVERAM A HORA EXTRA SUPRIMIDA DEVIDO À ESCALA 4X2

Ação acontece em nome dos associados ao SAEMAC


O SAEMAC entrou com ação na Justiça contra a Sanepar para exigir que a empresa indenize os trabalhadores que tiveram a hora extra suprimida devido à implantação da escala 4x2. Além do prejuízo na vida profissional e particular, a implantação dessa escala atingiu também o rendimento  dos trabalhadores, já que houve o corte da hora extra. 

“Os trabalhadores sempre tiveram a escala de plantão e, dessa forma, muitos tinham até já incorporado a hora extra ao salário. Agora, a Sanepar, de forma unilateral, sem negociação e de uma hora para outra implanta a escala 4x2  com o objetivo de  cortar a hora extra, o que fez com que o trabalhador perdesse parte dos seus rendimentos. Entendemos que a empresa não pode fazer isso sem uma negociação e também que cabe ao trabalhador uma indenização dessa supressão das horas. Por isso, entramos com a ação em nome dos nossos associados”,  diz o presidente do SAEMAC, Rodrigo Picinin. 

A ação da supressão da hora extra é um desdobramento da outra ação judicial do SAEMAC contra a Sanepar para tornar nula a implantação da escala 4x2. “Infelizmente, falta bom senso da diretoria da empresa para negociação. Foram várias tentativas até com a mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT), mas a Sanepar sempre teve má vontade. Então, não tem outro jeito que discutir na justiça para buscarmos o que é melhor para o trabalhador”, conclui Picinin. 

Confira fala do presidente do Sindicato sobre a ação: 



0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.