Reunião na SANEPAR: Adicionais de Insalubridade e Periculosidade


Sabemos que na Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR, muitos trabalhadores exercem suas atividades em ambientes ou em áreas consideradas Insalubres ou de alta periculosidade, estando expostos a situações que, a médio e longo prazo, geram riscos a saúde.

Dessa forma, a fim de garantir a integridade destes, a legislação brasileira prevê o pagamento de adicionais relacionados às atividades de acordo com o grau de risco que cada uma oferece.

Porém, no dia 18 de setembro, a Diretoria da SANEPAR emitiu um comunicado informando que irá realizar um recadastramento de todos os trabalhadores que atuam em ambientes insalubres e periculosos para adequar o pagamento desses adicionais em conformidade com o Laudo Técnico elaborado por um Engenheiro do Trabalho do SESI/PR, contratado para esta finalidade.


Segundo a SANEPAR, esse processo será feito em três etapas, que vai desde o envio dos formulários de recadastramento pelas Gerências Regionais à GGPS/Coordenação de Segurança e Medicina do Trabalho, até a sua efetiva implantação, o que deverá ocorrer a partir de janeiro de 2020.

Diante desta questão e do eminente risco que esta decisão pode causar aos nobres companheiros, nesta quarta-feira, dia 02 de outubro, o SAEMAC irá participar de uma reunião com a Daniela Fiaoramosca, da GGPS - Gerencia de Gestão de Pessoal e Serviços. O objetivo é entender e discutir as condições que serão impostas para o enquadramento das funções exercidas por cada trabalhador como atividade insalubre e periculosa, e tentar minimizar os prejuízos desta alteração.

Como tem feito ao longo destes mais de 20 anos de atuação, o SAEMAC segue lutando para garantir que os trabalhadores não sejam lesados e que tenham seus direitos resguardados e que, dessa forma, possam desenvolver suas atividades laborais com qualidade e segurança.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.