Sem um posicionamento da SANEPAR o ACT 2019/2020 segue indefinido


Passados quase quatro meses desde o protocolo da nossa Pauta de Reivindicações Unificada, em dezembro do ano passado, e mais de 15 dias desde a última reunião referente à terceira rodada de negociações e até agora o Acordo Coletivo de Trabalho segue indefinido.

Enquanto isso os trabalhadores que aguardam o aumento salarial, ganho real, reajustes e inserção de novos benefícios oriundos da renovação do ACT e que contribuem diretamente para a melhoria de renda, qualidade de trabalho e vida destes e de seus familiares seguem ansiosos e cobrando um posicionamento da Empresa.

A Diretoria, no entanto, segue trabalhando a passos lentos quando o assunto é o ACT, mas não é pra menos, deve estar muito ocupada com o novo aumento das tarifas de água e esgoto de mais de 12% definido pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná na noite da última segunda-feira, dia 15, e que deve entrar em vigor em breve após a publicação no Diário Oficial. Apesar de ser o maior percentual de reajuste dos últimos quatro anos no Estado, esta não deixa de ser uma decisão frustrante para a Diretoria que queria o adiantamento total do percentual de 25,63% escalonado em 8 anos, definido pela Agepar em 2017.

Entretanto esperar a mesma agilidade e respeito para com os trabalhadores é pedir demais. O argumento inicial de valorizar os trabalhadores, pelo seu desempenho e colaboração para o desenvolvimento da empresa, apesar de ser o discurso ideal, esbarra, ainda na morosidade, burocracia e falta de bom senso. Afinal, toda essa demora em apresentar uma proposta efetiva não é benéfica e só gera um desgaste ainda maior para ambas as partes.

Reiteramos que tudo o que está ao alcance dos Sindicatos Majoritários vem sendo feito, mas estamos agora a mercê de um posicionamento da empresa que, esperamos, não demore muito para acontecer.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.