Com Reforma da Previdência e a atual expectativa de vida, trabalhadores poderão nem chegar a usufruir da aposentadoria

Um dos pontos da perversa Reforma da Previdência colocada como uma das prioridades do Governo de Jair Bolsonaro é o aumento gradativo da idade mínima para concessão da aposentadoria tanto para homens quanto para as mulheres. 

A fórmula atual é 85/95 somando-se a idade com o tempo de trabalho e deve chegar até 2026 no formato 90/100. Por acaso você imaginou o impacto que isso irá causar?

Pesquisas recentes mostram que a expectativa de vida caiu consideravelmente em diversas regiões do país. Em São Paulo, por exemplo, as pessoas vivem em média 58 anos e seis meses, ou seja, não chegam aos 60 anos. Mesmo em estados em que a expectativa de vida é maior, como é o caso do Paraná, essa mudança na regra precisa ser considerada, principalmente para os trabalhadores que exercem funções mais desgastantes, nas quais envolvem risco, repetições constantes ou grande esforço físico, como é o caso dos saneparianos que trabalham diretamente na implantação de redes do sistema de distribuição de água e no sistema de coleta e tratamento de esgoto, ou aqueles, que faça chuva ou faça sol, estão na rua fazendo as leituras, entre outros. A grande maioria destes trabalhadores não irá conseguir chegar a esta idade com o vigor físico necessário para desenvolver essas funções, e como consequência serão substituídos por pessoas mais novas e sem ter direito a aposentadoria certamente irão engrossar a fila do desemprego, além de conviverem em condições de vida cada vez mais degradantes.

O nosso país carece de atenção nas mais variadas áreas e antes de uma mudança tão drástica como essa, é necessária uma revolução por completo nas condições de trabalho, de forma a oferecer mais segurança na execução das atividades laborais. Além disso, são necessárias a criação de políticas públicas nas áreas sociais, de saúde e segurança, a fim de garantir o bem estar, para depois sim se falar em aumento da expectativa de vida da população.

Infelizmente, depois de uma vida inteira dedicada ao desenvolvimento e progresso deste país, até o direito de usufruir de uma razoável aposentadoria está sendo usurpado dos trabalhadores pelo Governo. Afinal, por que os governantes irão se preocupar com o trabalhador se estão tranquilos, gozando de gordos salários e diversos benefícios bancados por nós brasileiros?

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.