Processo de Revisão do PCCR - Plano Carreira, Cargos e Remuneração

Com a falta de repasse de informações por parte da D.A., o PCCR - Plano de Carreira, Cargos e Remuneração da Companhia de Saneamento do Paraná - SANEPAR, essencial para a valorização do trabalhador emperrou de vez.

Da forma como vinha sendo praticado pela empresa há vários anos, além de não ter uma forma clara de avaliação, independentemente do esforço e dedicação dos trabalhadores para que as metas propostas pela empresa fossem atingidas, em nada os beneficiava.

No intuito de desenvolver um plano mais justo e que atendesse aos anseios da classe trabalhadora, foi instituída uma Comissão Mista, a qual vinha trabalhando na elaboração de uma proposta a ser apresentada à Diretoria da empresa.

Entretanto, ao chegar numa etapa fundamental neste processo em que são necessários dados essenciais referentes às Diretrizes Orçamentárias do Plano, os quais foram solicitados no dia 26 de setembro do corrente ano por meio de Ofício, o de número 01/2018, portanto a mais de um mês e que até então não foram repassados pela D.A., não somente dificultou e muito o andamento dos trabalhos, como tornou-se impossível sua continuidade, uma vez que o processo de Revisão do PCCR vinha sendo baseado em suposições e não em dados oficiais da empresa, alem de estar aliado a proposta de modificação, com a fragmentação do Step de 2% para 1%, fragmentação esta sustentada e defendida pelos representantes da empresa na Comissão, além de outros encaminhamentos que estão sendo construídos, que certamente trarão prejuízos aos trabalhadores, como por exemplo, a inclusão de PAI - Programa de Aposentadoria Incentivada, atendendo orientações da CCEE - Conselho de Controle das Empresa Estatais, que em seu texto será incluído Cláusula de Quitação Total do Contrato de Trabalho e também a inclusão de Cláusula no Regulamento do referido PCCR, de que a empresa poderá demitir  o trabalhador após a obtenção da terceira avaliação negativa.

O SAEMAC juntamente com as demais Entidades Sindicais Majoritárias, por meio do Ofício protocolado na tarde desta segunda-feira dia 05, informaram a D.A. que pelo fato de o Plano pretendido pela empresa não mais atender ao interesse do trabalhador, decidem por retirar sua representação junto a Comissão, reiterando que não fugirá a luta e que qualquer alteração unilateral promovida pela empresa será questionada judicialmente, assim, como já vem ocorrendo atualmente.

Entendemos que não basta criar uma Comissão, é necessário, também, dar condições para que esta desenvolva o seu papel da melhor maneira possível. Entretanto, o descaso e a falta de comprometimento da Diretoria Administrativa da Empresa em todo este processo, tornaram insustentáveis e inviabilizaram a continuidade dos trabalhos.

Lamentamos que tenha chegado a este ponto, mas reafirmamos que as Entidades Sindicais acima nominadas, em nenhum momento mediram esforços para tentar solucionar os problemas pelos quais este Plano vem passando ao longo dos anos. Mas infelizmente, nunca houve o mesmo respaldo e interesse por parte da D.A. da SANEPAR.

Portanto Nobres Companheiros Saneparianos, continuemos atentos e unidos, para que se necessário nos mobilizarmos em defesa de nossos direitos e garantias dos benefícios conquistados a custa de muita luta, trabalho e constante dedicação.





0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.