PAI e PDV em benefício dos trabalhadores ou da própria empresa?

A implantação dos programas PAI e PDV pela SANEPAR sempre foram feitos com a promessa de enxugar a folha de pagamentos para assim, aliados a lucratividade da empresa que cresce a passos largos, melhorar as condições de salário, trabalho e vida dos trabalhadores desta. “PURA BALELA”!

A matéria divulgada pelo site Money Times na quarta-feira, dia 08, mostra que os planos eram outros e que os trabalhadores, que sempre lutaram para tornar esta empresa reconhecida e de renome no setor, não faziam parte deles.

A reportagem traz o resultado do segundo trimestre de 2018 divulgado pela SANEPAR no qual a receita líquida da empresa aumentou 12,2% em relação ao de 2017 que foi de R$ 1,019 bilhão, sendo impactada pelo Reajuste Tarifário Anual – IRT de 5,12% que começou a vigorar em 17/05/2018, da ampliação dos serviços de água e esgoto e do aumento no número de ligações de esgoto que foi superior ao mesmo período do ano passado. 

Com este resultado favorável as UNITS da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar (SAPR11)) operam com valorização de 2,2% a R$ 45,62, após a companhia divulgar balanço do segundo trimestre. Segundo análise de especialistas as ações da SANEPAR têm um bom potencial de valorização, em parte pela redução nas despesas com folha de pagamento, demonstrando disciplina nos custos e permitindo à SANEPAR resultados mais sólidos.

Como é possível observar, as alegações de que com os Programas PAI e PDV possibilitaria a melhoria dos salários do quadro de trabalhadores da SANEPAR, serviram apenas de fachada. Na verdade o objetivo era aumentar seu potencial acionário e consequentemente seu valor de mercado, o que não seria um problema se os trabalhadores não estivessem sendo ludibriados e recebessem os aumentos propostos e compatíveis à valorização devida pelo excelente trabalho que desempenham.

Portanto companheiros saneparianos, mais uma vez servimos de massa de manobra dos detentores do capital acionário da empresa e sem o devido reconhecimento pelo empenho e dedicação em prol do desenvolvimento e crescimento desta, infelizmente.

Por essas e outras, é que continuamos reafirmando da necessidade de os trabalhadores se manterem atentos, unidos e dispostos a, juntamente com as Entidades Sindicais que os representa, continuar lutando na defesa de seus direitos e garantias das conquistas até então conseguidas, fazendo tudo que estiver ao nosso alcance, no sentido de não retrocedermos e sim avançarmos.

0 comentários:

Postar um comentário