Beto Richa só pensa naquilo: ‘prorrogar o pedágio mais caro do mundo’

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), jocosamente conhecido em Brasília como o “Rei do Pedágio”, esteve mais uma vez ontem (7) no Distrito Federal pedindo pela prorrogação do pedágio mais caro do mundo.

No último dia 1º de dezembro, o tucano autorizou novo aumento nas 27 praças de pedágio instaladas nas rodovias do estado. O reajuste anual médio para 10,28%, portanto, acima da inflação acumulada de 9,93% nos últimos doze meses (índice IPCA).

O mundo produtivo é contra a prorrogação do pedágio mais caro do mundo porque sabota a economia do Paraná. Cinco das 7 entidades do setor produtivo — o G7, liderado pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) — se opõem à perpetuação do pedágio mais caro do mundo.

O pau comendo no Congresso Nacional e Beto Richa vai ao ministro do Transporte pedir pelas concessionárias de pedágio. Os atuais contratos de 1,8 mil km de rodovias federais concedidas vencem ainda em 2.021, mas o governador do PSDB quer dilatá-los até 2.050.

Beto Richa só pensa naquilo. Até parece sócio oculto do pedágio. Age contra os interesses dos usuários das estradas paranaenses. Portanto, trabalha pela máfia em desfavor dos cidadãos.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.