Sanepar está entre as mais processadas pelo Procon

Responsáveis por serviços essenciais para a população, das quais são únicas provedoras, empresas estatais têm de atender o consumidor da mesma forma que qualquer outra empresa que cobra de seus clientes, o que inclui manter call center e ouvidoria. Levantamento feito pelo Procon-PR, no entanto, mostra que a Sanepar, responsável pelo serviço de água e esgoto no estado, está na lista das 42 empresas processadas mais de 50 vezes pelo órgão em 2013.

Foram 202 ações contra a estatal, o que a coloca em 6º lugar entre as empresas mais reclamadas, à frente de uma operadora de telefonia (Vivo) e de sete bancos, como Santander e Itaú. A ação é o último recurso do Procon e ocorre quando orientações e pedidos iniciais falharam. É dos processos que podem sair multas para empresas. A principal reclamação do consumidor da Sanepar foi sobre cobranças indevidas ou abusivas. A empresa responde por 172 processos relacionados a isso, dos quais 28 ainda não resultaram em acordos. No geral, o índice de resolutividade da empresa foi de 85,15%

As situações são parecidas com a enfrentada desde janeiro pela dona de casa Cleis Tissi, 52 anos, moradora de Curitiba. A família busca convencer a Sanepar de que não consumiu o volume de água correspondente aos R$ 240 que aparecem na conta do serviço. A média das faturas sempre ficou em R$ 90 e não foi identificado vazamento. Cleis tentou atendimento pelo call center e pela ouvidoria da empresa. Agora, terá que pagar a conta para evitar cortes, e depois contestá-la na Justiça. “Refizemos a medição uma semana depois, como a ouvidoria orientou, e deu a metragem que a gente realmente consome. Mas não consigo mudar a fatura, dizem que está certa. Não acho justo”, conta.

“Margem de erro”

A Sanepar argumenta que o número de processos é baixo: considerando que emite 2,8 milhões de faturas mensalmente, estaria “dentro da margem de erro”. A empresa afirma que a maioria das cobranças fora da curva está relacionada a vazamentos de água.

A empresa reconhece que falhas podem ocorrer, sejam humanas ou técnicas, e garante que dá retorno imediato aos consumidores.
Também anunciou que pretende estrear um 0800 para atender melhor a população, mas ainda não há prazo para isso.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.