ACT 2014-2015: de algumas coisas a gente não abre mão!

Morosidade. É sempre essa a palavra que impera durante o processo de negociação com a Sanepar. A nossa data-base já 'estourou' faz tempo e até agora nada da proposta do ACT 2014-2015. Só isso já bastaria para explicar o descontentamento geral dos trabalhadores em relação à diretoria da empresa. Mas, além disso, a Sanepar insiste em dizer que é impossível atender todos os itens da nossa pauta de reivindicações. Tudo bem. Não que isso seja uma 'novidade' para nós, não é mesmo?

No entanto, de algumas coisas a gente não abre mão! Alguns pontos são indispensáveis e condicionantes à nossa aceitação de uma proposta: ganho real linear; gratificação de férias tendo como um piso mínimo o salário de ingresso da tabela operacional; adicional de penosidade; aumento de 11% no vale-alimentação; implantação imediata do horário flexível; aumento do valor linear do abono para R$2.500,00; um bloco de ticket extra por ocasião da assinatura do ACT; auxílio-maresia para os trabalhadores do litoral e revisão no plano de saúde, que precisa contemplar os novos funcionários.

Durante as duas reuniões que tivemos até agora com a Comissão de Negociação Coletiva, deixamos bem claro que os pontos acima são imprescindíveis e sem eles não há negociação. Estes pontos devem estar agora na mesa dos diretores da Sanepar e nós esperamos que eles se manifestem o quanto antes. Estamos cansando de esperar, mas cremos que em breve teremos novidades.

Por isso, sanepariano, nós te convidamos a ficar atento às publicações que são feitas aqui em nosso site e acompanhar tudo o que diz respeito ao nosso acordo coletivo. Precisamos que este ACT atenda às expectativas dos trabalhadores e também precisamos que todos estejam mobilizados para cobrar da empresa uma proposta digna e que faça justiça aos ótimos resultados que proporcionamos à ela no ano passado e em todos os anos anteriores, onde o lucro da Sanepar apenas cresceu!

Como este ano as negociações do ACT acontecem de forma simultânea a um processo eleitoral do CAD, o que se percebe é que existem vários candidatos, mas apenas um se identifica com as reivindicações coletivas dos trabalhadores: Elton Evandro Marafigo. A maioria tem objetivos pessoais ao concorrer ao cargo de representante dos trabalhadores, e estes estão falando muito e se envolvendo praticamente nada no processo que é fundamental para garantir melhores salários e melhores condições de vida e trabalho a todos os saneparianos.

Antes de votar naquele que tem interesses pessoais e individuais a esta vaga, verifique quem realmente está interessado em defender suas vontades e seus anseios diante da diretoria da Sanepar. Você é o dono do seu voto e só você pode decidir qual é a melhor escolha para te representar no CAD. Lembrando que a votação acontece na próxima quarta-feira (23) a partir da meia-noite e até às 23:59 pela Intranet da Sanepar.

1 comentários:

Enfim algo que espero ser negociado há tempos, a revisão de nossa condição no plano de saúde... Ridículo haver essa diferenciação se nossos cargos e funções são as mesmas, na hora em que eu mais precisar do plano de saúde a empresa cair fora.

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.