PPR 2013: cálculo feito pelo Saemac não é absolutamente preciso

Recebemos nos últimos dias alguns questionamentos quanto ao cálculo do valor do PPR 2013 que foi apresentado pelo Saemac nesta matéria. Para sanar todas as dúvidas, vamos a alguns esclarecimentos. Primeiro, com relação à soma dos 25% de dividendos obrigatórios mais os 25% referentes ao atingimento das metas. O que alguns saneparianos não estão entendendo é que a metodologia de cálculo foi definida pela Sanepar na minuta do PPR 2013 e diz que:

"Para o cálculo do percentual de distribuição do PPR aos empregados, na ocorrência da hipótese de distribuição de dividendos adicionais, serão somados os resultados percentuais obtidos nas duas planilhas (A+B) e o resultado percentual desta soma será dividido pelo coeficiente 2, obtendo-se assim o percentual total de PPR que será distribuído aos empregados, o qual será calculado com base na somatória dos dividendos obrigatórios e adicionais a serem distribuídos aos acionistas". 

Ou seja, precisamos somar os 25% dos dividendos obrigatórios com o percentual atingido das metas - dos 25% possíveis foram atingidos 17%. A soma dos percentuais é igual a 42 e isso precisa ser dividido por 2 para chegarmos ao percentual real do PPR, que incidirá sobre o montante distribuído aos acionistas. Considerando que os acionistas receberam R$191.291 milhões e o percentual que atingimos com essa soma e posterior divisão foi 21%, o nosso PPR deve ser equivalente a 21% de R$191.291 milhões, o que totaliza os R$40.170 milhões que já demonstramos na matéria anterior.

A boa notícia é que este cálculo que fizemos não é absolutamente correto. Calma, isso é uma boa notícia! Como alguns saneparianos entraram na empresa no decorrer do ano de 2013 e outros se desligaram também durante o ano, muitos trabalhadores receberão apenas valores proporcionais referentes ao PPR, o que faz aumentar o montante disponível para quem trabalhou durante todo o ano e deve receber o valor integral. Não podemos afirmar com precisão qual será o valor integral, já que não temos acesso aos números referentes ao desligamento e ingresso de saneparianos ao longo de 2013. Nosso cálculo é básico e apenas serve de base para termos uma noção dos valores.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.