Funcionários da CEB prometem entrar em greve por tempo indeterminado

Os funcionários da Companhia Energética de Brasília (CEB) prometem cruzar os braços nesta segunda-feira (4/11). De acordo com o Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal (STIU-DF), a greve será por tempo indeterminado.
 
Entre as principais reivindicações da categoria estão ganho real, reajuste do piso salarial, implementação do beneficio de risco e equiparação salarial do piso salarial com a Eletrobras. O STIU-DF avalia que a pr oposta da CEB é "inconcebível e que a falta de valorização dos trabalhadores não contribui para que o setor elétrico em Brasília melhore".

A paralisação afetará todos os setores da companhia, mas o sindicato ressaltou que 30% do efetivo continuará trabalhando. A medida segue a determinação de uma lei que estabelece um percentual de funcionários para trabalhar em casos de greve.

O sindicato informou que pode realizar assembleias a qualquer dia e hora para determinar os rumos da paralisação.





0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.