Diferença salarial entre homens e mulheres é menor nos pequenos negócios

A diferença salarial entre homens e mulheres é menor nas micro e pequenas empresas -aquelas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano. Segundo dados do Sebrae e do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), enquanto nas grandes companhias os homens ganham 44% a mais do que as mulheres, nos pequenos negócios esse número cai para 24%.

O estudo analisou as informações dos empreendimentos comandados por homens e mulheres entre 2001 e 2011."Nas grandes corporações, a estrutura organizacional é maior e nem sempre as mulheres ocupam cargos mais altos na hierarquia. Já nos pequenos negócios, o acesso às decisões é mais facilitado e a convivência com os donos das empresas, mais próxima", afirma, em nota, o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Segundo a pesquisa, a remuneração média das trabalhadoras das micro e pequenas empresas cresceu mais do que a dos homens. Entre os anos de 2000 e 2011, o salário médio do público feminino aumentou 21%, enquanto o dos homens cresceu 18%.

Os dados mostram que as mulheres representam quase 40% dos 15,5 milhões de empregados com carteira assinada nas micro e pequenas empresas. Elas também entraram mais no mercado de trabalho durante o período.  A quantidade de trabalhadoras nos pequenos negócios cresceu 108%, e a dos trabalhadores, 67%.
 

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.