**Reforma da Previdência

Depois não diga que eu não avisei

Que o ser humano é capaz de cometer atrocidades, todos sabem. Porém, há formas diferentes de se cometer atos perversos.

Uma pergunta: você já deu carta branca pra alguém cometer atrocidade? Indiretamente, você também já puxou o gatilho?

Complicado, não é? 

Mas acredito que todos concordam que tem muita coisa pra mudar. 

Aí vem o governo federal e, ao invés de atacar o que precisa ser atacado, vira pra mim e diz: “você é o alvo principal”. Por tabela, o alvo também passa a ser todo trabalhad@r. 

Todos com a corda no pescoço e o governo ataca com sadismo a nós, trabalhadores. É reforma da previdência. É reforma trabalhista. Tudo me atinge. 

São as PEC’s da Morte, como dizem por aí. Por isso, fique vivo. Lute. Sem lutar, é como se você estivesse morto. Tivesse enviado um atestado de óbito para o seu político. 

Com o tempo ele te esquece. 

Já Eu... melhor vocês lembrarem de mim agora, pra não se arrepender no futuro. 

Confesso que não entendo o motivo das pessoas não baterem panela por mim! Já não sei mais o que dizer...

Só não diga que eu não avisei
Depois de morta
Não ressuscitarei.  

Assinado: APOSENTADORIA. 


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.