O ACT 2019/2020 segue parado e a greve já é uma possibilidade


Diante da lentidão demonstrada pela Diretoria da Sanepar e pela CCEE nas negociações que dizem respeito à renovação do ACT para o período 2019/2020, o SAEMAC e os demais Sindicatos Majoritários (SINDAEL, SINDAEN E STAEMCP), levantaram no dia 07 de maio, a possibilidade de uma paralização geral como forma de protesto caso uma nova reunião para apresentação de uma proposta oficial não fosse apresentada.

A SANEPAR pediu um prazo maior para que tivesse um retorno da Comissão, o que até agora não aconteceu. Diante desta morosidade e da falta de respeito e comprometimento para com os trabalhadores, um novo Ofício foi protocolado na tarde de hoje (21), informado que vamos aguardar um posicionamento concreto até o dia 31 de maio e, caso isso não ocorra, a greve vai acontecer mediante os encaminhamentos que serão retirados da reunião entre os Sindicatos acima mencionados, a qual vai acontecer nesta quarta-feira, dia 22, em Curitiba.

Caso de fato ocorra a paralização contamos com uma adesão em massa da classe trabalhadora, uma vez que o que está em jogo são os benefícios e reajustes salariais, que visam garantir o bem estar dos trabalhadores e de seus familiares.

Publicaremos em nosso site assim que tivermos novidades sobre os próximos passos que serão adotados. Seguimos firmes na luta!


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.