Greve Geral em Defesa da Previdência


A Reforma da Previdência está ai, batendo a nossa porta. Apesar dos inúmeros alertas muitos trabalhadores ainda não estão acreditando no impacto negativo que ela vai trazer e quando a ficha cair pode ser tarde demais.

No último dia 07 de maio o relatório da proposta foi aprovado pela Comissão Mista e segue agora para votação no Senado e Câmara dos Deputados. Na prática, se aprovada, vai retirar direitos e manter os privilégios, afetando diretamente o trabalhador brasileiro com aumento na idade mínima e no tempo de contribuição, mudança no cálculo da aposentadoria, a implantação do sistema capitalização, além de alterações na pensão por morte, no benefício assistencial ao idoso e no Abono do PIS/ PASEP. E olha que esses são apenas alguns dos vários pontos os quais podem ser conferidos de forma mais detalhada em nosso site. Enquanto isso os políticos e comissionados seguem rindo a toa e gozando dos seus benefícios e altos salários. Nem mesmo os grandes conglomerados empresariais, principais devedores do INSS, foram cobrados e nem ao menos foram citados na referida Reforma.

E é justamente por beneficiar exclusivamente os empresários em detrimento da classe trabalhadora de nosso país, que no dia 14 de junho vai acontecer uma greve geral, e todos estão convocados a participar. Mais próximo da data vamos disponibilizar aqui em nosso site a programação desta mobilização em nosso Estado.

É o momento de nos unirmos para engrossar a luta e mostrarmos a força do trabalhador brasileiro. Não podemos abaixar a cabeça e aceitar estes desmontes. É hora de lutar em defesa de nossos direitos.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.