ACT 2018/2019 - CONCLUÍDO!

Prezados Saneparianos.

Para conhecimento de todos, informamos que após a decisão democrática da maioria dos trabalhadores que participaram nas Sessões das Assembleias Gerais Extraordinárias realizadas pelas Entidades Sindicais SAEMAC, SINDAEL e STAEMCP, o ACT 2018/2019 com a SANEPAR foi assinado na data de ontem, 25 de junho de 2018.

Durante a realização das Sessões das referidas Assembleias em toda área de abrangência das Entidades Sindicais acima mencionadas e por estas organizadas, os trabalhadores da SANEPAR representados pelos respectivos sindicatos acima nominados, analisaram, discutiram, dirimiram algumas dúvidas, e por fim, deliberaram pela aceitação da proposta apresentada pela empresa, com vistas à Renovação do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019.

É fato que tivemos avanços referente à primeira proposta, mas também precisamos analisar o descontentamento de boa parte dos trabalhadores que expressaram seu não nas Assembleias, consequência da condicionante colocada na proposta. Trabalhadores com direito na ação PCCR 2009, sentiram seus direitos cerceados em meio a uma proposta que veio com intuito de contemplar a todo o quadro.

É muito importante que os trabalhadores leiam atentamente a Minuta do referido ACT e tenham ciência sobre os direitos e garantias ali contidos em prol da categoria, os quais conquistamos ao longo de todos esses anos.

Devemos reconhecer que houve avanços e valorizar cada conquista alcançada, tendo em vista que nada veio de graça ou de “mão beijada”, mas sim, fruto de muita luta e união de todos.

Confira a Minuta do ACT 2018/2019 abaixo:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quanto aos valores retroativos referentes à Data-Base (1º de março), há um compromisso por parte da SANEPAR de que sejam pagos ainda na folhe salarial desse mês.

Embora criticados por muitos trabalhadores, que infelizmente não têm conhecimento do que é a luta dos Diretores e Representantes Sindicais num processo de negociação com a empresa, podemos não somente afirmar, mas também reafirmar que, enquanto representantes de uma considerável categoria de trabalhadores que somos, sempre fizemos e continuaremos fazendo tudo aquilo que nos cabe fazer, ou seja, não somente representar os trabalhadores, mas realmente defender seus direitos e manter as garantia e conquistas, visando a melhoria de salário, benefícios, condições de trabalho, vida e saúde destes e de seus familiares.

Não nos esqueçamos jamais de que, somente o empenho e dedicação no trabalho não bastam. É necessário que nos mantenhamos unidos e continuemos firmes na luta, para que amanhã, não nos arrependamos por deixarmos de lutar, imaginando que os outros é que têm a obrigação de lutar pelas melhorias que tanto necessitamos.

0 comentários:

Postar um comentário