Curitiba reajusta tarifa técnica do transporte coletivo em R$ 0,06

A tarifa técnica do transporte coletivo de Curitiba está mais cara. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município nessa quarta-feira (16). Os R$ 3,21 anteriores passaram para R$ 3,27, aumento de R$ 0,06. A medida é retroativa, com validade a partir de 1.º de dezembro deste ano, até 26 de fevereiro de 2016, quando termina o período tarifário vigente. O reajuste da tarifa técnica não representará aumento do preço da passagem paga pelos usuários - que é de R$ 3,30 – neste momento, porém, a Urbs já declarou que estuda o reajuste.

Com a mudança, a Urbs, que administra o sistema, deve repassar R$ 85.470 a mais para as empresas, por mês. As empresas devem receber o valor reajustado partir desta quinta-feira (17). Nos próximos dias deve ser feito o pagamento do retroativo, referente ao período entre os dias 1.º e 16 de dezembro, segundo a assessoria da Urbs.

O reajuste atende a decisão judicial, que determinou a suspensão do desconto realizado pelo município, por considerar que as empresas não atingiam os critérios de qualidade ao não renovar a frota de veículos.

Em nota, a Urbs ressalta que a medida atende decisão liminar, que “não questionou o mérito do desconto, e tão somente entendeu que as empresas deveriam ter mais tempo para se manifestar quanto à retirada da amortização da frota vencida”.

O Setransp também se manifestou. O sindicato considera que “a Justiça apenas reconheceu que o desconto promovido pela Urbs quanto à falta de renovação de frota não observou todos os trâmites de defesa das empresas e, por isso, corrigiu essa distorção”.

A Urbs já recorreu da decisão.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.