Justiça proíbe Bradesco de cancelar convênio de aposentado por invalidez

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, Distrito Federal e Tocantins, em decisão anunciada na semana passada, proibiu o Bradesco de cancelar ou suspender o plano de saúde e odontológico de bancários aposentados por invalidez. A sentença abrange todo o território nacional.

Como determinou o TRT 10ª Região, o Bradesco está obrigado a manter as mesmas condições oferecidas aos bancários ativos. Caso desrespeita a decisão judicial, o Bradesco será multado em R$ 10 mil por dia. “A sentença representa um avanço, uma conquista. Os sindicatos bancários, inclusive, lutam para garantir planos de saúde e odontológico a todos os aposentados. Uma bandeira da Campanha de Valorização dos Funcionários. Infelizmente ainda não é uma realidade”, avalia o diretor do Sindicato, Lourival Rodrigues.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.